A culpa que tanto incomoda

[Juliana Veríssimo, 18 anos, cis, branca, estudante de Administração, @verissimo.juh IG]


Como, em momentos em que estou sozinha, culpo-me por não ter feito ou não ter ido a um lugar que poderia ser como eu tinha pensado.


Culpa...

Ainda me sinto assim...

Insuficiente.

Nada está sendo como imaginei

Mas… como seria? A vida não é como pensei que seria e tenho que lidar com isso.

Me pergunto se fiz tudo o que queria fazer há anos atrás, e notei que a maioria não foi realizada, mas não foi por falta de oportunidades e, sim, por medo de errar.

Crio momentos na minha cabeça e me pergunto se teria sido diferente se, ao menos, tivesse ido para saber.

Mas… são esses momentos que me mantêm

Mesmo que seja por alguns minutos

Sem aquele peso de não ter feito tudo como foi planejado.

Sem cobranças e "limitações"

Por mais que isso não seja o bastante, ao menos, tive a coragem de tentar arriscar.

Chegou a não ir para algum lugar por medo de não se encaixar? Ou por simplesmente ter medo de errar?


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo