A morte em “Os contos de Beedle, o Bardo”

[Juliana Veríssimo, 18 anos, cis, branca, estudante de Administração, @verissimo.juh IG]


A relação de "Os contos de Beedle, o Bardo" com o contexto da morte.

Podemos ver no livro "Os contos de Beedle, o Bardo" (fruto da série de livros Harry Potter) o conto dos três irmãos, os quais, logo no início, fazem uma ponte para atravessar o lago através da magia, o que deixa a morte se sentindo traída, pois era para os irmãos terem se afogado no lago. Em consequência disso, ela decide presenteá-los por sua magia e oferece o presente que desejarem: o primeiro irmão pede a varinha mais poderosa; o segundo, a pedra da ressurreição; e, o último, a capa da invisibilidade, dando a cada irmão uma morte diferente ao decorrer da história. O irmão que recebeu a varinha é morto na primeira noite com um corte na garganta por um bruxo que desejava seu poder. Já o segundo, após girar a pedra da ressurreição três vezes, teve em seus braços sua amada já falecida, mas ela estava fria e triste com um véu que os separava, fazendo com que ele se suicidasse para se juntar a sua amada. Por fim, o último irmão, depois de anos escondendo-se com sua capa da invisibilidade, acolheu a morte como uma velha amiga.


Com base nessa história, notei que a morte do primeiro irmão veio por meio da busca pelo poder, a qual podemos relacionar com o contexto da guerra que tanto vemos nos filmes e livros. Já o segundo irmão enlouqueceu depois de ressuscitar a mulher que ele amava e a consequência disso foi o suicídio. O terceiro, por sua vez, morreu de velhice e viu a morte como parte final de uma vida inteira.


Desde quando vi Hermione falando deste conto em "As Relíquias da Morte, parte 1", fiquei com raiva da morte porque ela queria que os três irmãos morressem no lago, o que não aconteceu e, no final, suas mortes acabaram sendo piores, pelo menos do ponto de vista dos dois irmãos mais velhos. Olhando para o mais novo, poderia dizer que ele teve uma vida inteira e pode aproveitá-la, sem perseguições ou a incansável busca pelo poder. Aceitar a morte como uma velha amiga é quando você sabe que tudo o que foi vivido durante tanto tempo finalmente chegou ao fim.


Já leu esse conto? Se não, ficou com vontade de ter lido?

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Serena