Acolhida

[Juliana Veríssimo, 19 anos, cis, branca, estudante de Administração, @verissimo.juh IG]

|Texto revisado por Maria Fernanda de Sousa|


Um poema sobre amor próprio, dar um tempo a si próprio para se cuidar e saber que terá alguém lá para te ouvir.


É sobre se acolher

Saber seu limite para priorizar sua saúde mental

Se dar um tempo e curtir sua própria companhia

Depois de meses procurando

Aceitação

Se aceitar e enxergar tudo à sua volta

Trás até um certo alívio, né?

Voltar para o início

Mas com uma outra percepção

Acho que depois de tanto tempo só ouvindo, é gratificante ser ouvida.


Já se sentiu acolhida por sua própria companhia? Como é a sensação de ser ouvide? É uma forma de acolhimento para você?


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mãos

Abraço