• Vick

Em teus braços…

[Victória Secco Pizzirani, 20 anos, feminino, estudante de Arquitetura e Urbanismo, voluntária do Projeto, @vick_pizzirani]

|Texto revisado por Ana Lua|


“Uma imagem vale mais que mil palavras”, dizia o filósofo chinês Confúcio, ao se referir a ideia de comunicação por imagens. Mas e quando se sente? Quando toca e se envolve, quanto vale?

Um abraço, um afeto, uma troca de calor vai muito além de mil palavras. Estar em teus braços é mais que acolher, é me compreender.



E aí, curinga, qual a forma mais pura e primitiva de um acolhimento? Para mim, é um abraço, daqueles de tirar o fôlego, que ao mesmo tempo que nos prende nos liberta, como aqueles que você dá no seu primeiro amigo no jardim de infância depois de não se sentir mais sozinho.



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Mãos

Abraço