O que guardo

[Ana Junqueira, 'Sol', 23 anos. @restlesssol_ em todas as redes e @occulo_colore para fotografias. Formada em cinema e voluntária no Projeto Curinga]

|Texto revisado por Ana Lua|



Memória para mim é o que guardo e o que escolho guardar. Existo em imagens, mais do que em escritos ou falados. Disso, surge isto. Um vídeo de retalhos de muitos anos, muitas pessoas, muitas experiências. Uns lembro, outros não.


[transcrição]


Existir é assustador.

Não poder escolher o que fica

e o que vai.


Herdei da minha mãe

Essa mania estranha

De registrar tudo


Ela tem uma péssima memória

Eu? Nem tanto.

Mas ainda assim, guardo tudo

tenho tudo


Andei sempre com uma câmera na mão

Mania de gravar chata, essa.


Tenho vídeos de amigos

Que nem amigos são mais.

Aos montes e aos quebrados


Vídeos de pessoas que sei que nunca mais vou ver.


Um passeio pelos meus arquivos antigos

É um passeio entre montanhas de memórias


Todo dia me pergunto

Será que vou me lembrar de agora?

Ou vão ser mais horas e horas perdidas para sempre?


E aí, para garantir

Aperto um botão e guardo tudo


Pronto, agora vou lembrar.


Lembro de tanta coisa que

As vezes preferia esquecer

Mas apagar 3 minutos de imagens

No fim, não apaga nada.


Sei dizer exatamente o que você me disse

E onde

que dia

como


Mas às vezes me esqueço de almoçar.


Tem dias que acordo

Respiro

E aí já é noite.


Passo tanto tempo olhando pros outros

Que me esqueço do meu próprio rosto.


O passado recente ainda assim é passado.

Quando será que meu hoje vai virar um ontem?

Que meu agora vai virar um antes?


Não sei se quero viver eternamente na memória de alguém.

Parece tempo demais,

Muito compromisso.

Mas, de certo modo, acho que já vivo

Do mesmo modo que tantos vivem em mim.


Se um dia me apagarem,

Sei que agora, nesse segundo, sou memória

Para alguém, em algum momento que desconheço.


Existo,

Para sempre,

Sem medo.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Rio

Lembrança

Sem medo pedia coisas à noite, quero ser grande, quero ser independente, desse jeito, com coragem e vontade para criar.

Tempo