• Vick

O trem

[Victória Secco Pizzirani, 20 anos, feminino, estudante de Arquitetura e Urbanismo, voluntária do Projeto, @vick_pizzirani]

|Texto revisado por Nanda|


Esperei-te até me deixar. Deixar de me sentir, deixar minhas vontades e deixar de viver. A sua espera me fez pesada e estagnada, incapaz de fluir com a brisa da vida.


O trem partiu da estação,

não entrei.

Outro veio,

também não subi.

Mais alguns se passaram,

me mantive na plataforma.


Não fui a lugar algum,

permaneci no mesmo lugar

e por quê?

Medo.


Deixei meus pensamentos se endurecerem,

a rotina pesava em meu ser

e tudo que eu queria era entrar no trem mas,

será que se eu for, você me entenderá?


Eu entrei,

você não entendeu mas

eu não quero descer,

não quero me estagnar,

esperando principalmente algo

ou alguém.


Quero me encontrar,

ver as estrelas brilharem por mim,

ter meus cabelos embaraçados pela brisa,

navegar pelos sete mares e aí sim,

ser minha casa,

livre,

leve,

e volátil.


Migrar para diferentes lugares e espaços, mas

sentimentos sempre se farão presentes

e você,

sempre estará presente em mim.

E aí, vai subir ou vai esperar?


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pés