• Vick

Quando eu vi...

[Victória Secco Pizzirani, 20 anos, feminino, estudante de Arquitetura e Urbanismo, voluntária do Projeto, @vick_pizzirani]

|Texto revisado por Ana Lua|


Viver em coletivos é inevitável. O ser humano se relaciona em sociedade, tem a maioria de suas relações baseadas na troca entre diferentes pessoas, que se tornam um coletivo por um ou até mais aspectos em comum.

Mas, e se, mesmo estando dentro de um grupo, mesmo cercada de pessoas e pessoas, eu ainda me veja sozinha? Ou pior, e se dentro do meu coletivo eu estiver sozinha?

[Colagem feita por Victória Pizzirani, 2021. Descrição da imagem: ao centro, há um quadrado branco com uma foto em preto e branco de uma menina sentada sozinha no meio de um banco. Ela está de perfil, com as pernas dobradas e os pés sobre o assento. Ela tem uma mão encostada em seu queixo e olha para baixo. Abaixo da foto, está escrito "E quando eu me vi já estava sozinha em meu coletivo...". Ao fundo do quadrado branco, há uma foto de um espaço urbano com diversas pessoas transitando.

E aí curingas, me contem se vocês também sentem essa angústia, aquela que mesmo estando em uma casa cheia ou em uma roda de amigos parece que você está sozinho, vagando na sombra de seus pensamentos. Me conte como você se sente em relação a isso e venha fazer parte do meu coletivo.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo